Martin Luther king - Amor e Saudade

Martin Luther king

Escrito por Desconhecido | 2587
Martin Luther king

Em abril de 1968, os jornais noticiavam que Martin Luther King
havia sido morto a balas por um desconhecido.
O mundo inteiro recebeu com tristeza esta notícia.
Martin Luther King era um Pastor negro americano.
Ele se tornou herói lutando pela "não violência".
Em certas regiões dos Estados Unidos,
os negros eram considerados como pessoas de segunda categoria.
Martin Luther King começou uma luta contra a injustiça,
com amor e paciência. Ele não queria o ódio nem a violência.
Dizia: "Só o amor é capaz de transformar o inimigo em amigo.
O ódio multiplica o ódio".
A luta foi muito dura. Muitas vezes foi preso.
Lançaram uma bomba em sua casa e tentaram matá-lo.
Um dia, seu filho Martin chegou chorando em casa,
porque lhe haviam dito que seu pai estava preso.
Sua mãe, a esposa do Pastor King, disse-lhe:
- "Papai foi preso, porque ajuda aos outros.
Há pessoas que não têm casa, nem boa alimentação, nem roupas.
Teu pai luta para que todas as pessoas tenham esse mínimo necessário".
Outra vez, Martin perguntou à mãe:
- "Por que papai não fica em casa como os outros pais?"
A mãe respondeu:
- "Tu sabes, teu pai é um servo de Deus.
É preciso que ele ande por toda a parte,
procurando ajudar aos outros".
Martin Luther King foi morto numa cidade onde
ele tinha ido para ajudar os negros.
O mundo inteiro chorou a morte deste grande herói que repetia sempre:
AMAI VOSSOS INIMIGOS, AMAI, AMAI!
Seu nome lembra-nos que o amor é mais forte do que o ódio.

Comentários