Chuva traga o meu benzinho - Amor e Saudade

Chuva traga o meu benzinho

Escrito por Adriano Villa | 1394
Chuva traga o meu benzinho


Lave minha alma
Com suas gotas refrescantes
Você que veio de longe
E daqui, vai além
Que conhece
E já conheceu tanta gente
Me diz onde está o dono
Do sorriso que abandonou meu rosto
Que levou o gosto
Dos dias ensolarados
De felicidade
Que um dia perpassaram
Pelo paraíso de minha existência
Agora lhe peço
Lave essa tristeza de meu corpo
Que caía sobre mim
Com todo seu carinho
E se possível, se for pra ser
Chuva, traga de volta meu benzinho
Pois sem aquele ninho
Me sinto perdida e sem direção
Perdi o coração e atrás
Seguiu minha razão
A dor prevalece na alma
Dilacera a esperança
E me sinto uma criança
Sem qualquer lugar seguro
Ou algum lugar no mundo
Quando perdi meu amor
Perdi meu caminho
Por isso chuva
Traga de volta meu benzinho?

Comentários