Amor e Saudade » Motivação » Acalma o Meu coração

Acalma o Meu coração

Acalma o Meu coração

Desacelere as batidas do meu coração, acalmando minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão de eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia, dê-me a tranquilidade.Retire a tensão dos meus músculos e nervos com a música tranquilizante dos rios de águas constantes que vivem em minhas lembranças.
Ajude-me a conhecer o poder mágico e reparador do sono.
Ensina-me a arte de tirar pequenas férias, reduzir meu ritmo para contemplar uma flor, papear com um amigo, afagar uma criança, ler um poema, ouvir minha música preferida.
Acalme meu passo, Senhor...para que eu possa perceber no meio do incessante labor cotidiano dos ruídos, lutas, alegrias, cansaços ou desalentos, a Tua presença constante no meu coração.
Acalme meu passo, Senhor...para que eu possa entoar o cântico da esperança, sorrir para o meu próximo e calar-me para escutar Tua voz.
Acalme meu passo, Senhor...e inspire-me a enterrar minhas raízes no solo dos valores duradouros da vida, para que eu possa crescer até as estrelas do meu destino maior.
Obrigado, Senhor, pelo dia de hoje, pela família que me destes, pelo meu trabalho, pelos meus amigos e, sobretudo, pela Tua presença em minha vida.
Obrigado Senhor.

Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter

Autor: Desconhecido

Lido: 6154 vezes

Tags: coração, me ajuda, meu deus,

Olha amor, a juventude desse seu olhar é como o céu em noite de luar, me dá beleza e me faz sonhar Acreditar no amor e nas coisas simples da vid...

Amor, Sentir seu rostinho colado no meu, não tem preço! Não tem palavras ou o que descreva o que sinto quando estou com você! Seus lábios,...

A situação era desesperadora. Surgiu uma peste que estava matando todos os animais da floresta. Para encontrar uma solução eles resolveram fazer uma...

Um velho e um menino foram vender uma mula na cidade. Iam os dois a pé pela estrada, puxando o animal pelo cabresto, quando por eles passou uma sen...

Havia um leão, rei de todos os animais, que depois das suas caçadas costumava dormir à sombra de uma bela árvore. Perto dali estava a toca de um gr...