Amor e Saudade » Luto » A dor da perda

A dor da perda

A dor da perda

Nossos Pais descobrem que um ser está para nascer e trazer as suas vidas um brilho de luz.
A cada sorriso, palavra, olhar ou suspiro, uma cachoeira de lágrimas parece inundar seus olhos de alegria e paz.
Nos tornamos adolescentes e a busca pela independência é cada vez mais clara. A nossa vontade de conquistar espaço nos distância de quem sempre nos amará, esquecemos a família. Esquecemos de dizer o quanto os amamos.
Mas um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus tira de nós o que mais amamos.
Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada "meus pêsames" parece pesar.
Nossos pensamentos divulgam para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca ter dito: "te amo"; "preciso de você", "estou sempre aqui", "me preocupo", e como se não bastasse vem à frase mais forte "a culpa foi minha".
Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância.
E a resposta para essa dor? O tempo e uma certeza:
Quando amamos transmitimos em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais; quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido; quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós.
E a culpa? A culpa é da vida que tem inicio, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto perder alguém.
Mas o tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros.
Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhantes, nossa vida conquista anjos. E no fim apenas a saudade e uma certeza:
Não importa onde estejam, estarão sempre conosco.

Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter

Autor: Desconhecido

Lido: 29898 vezes

Tags: dor da perda, melhor remédio pra perda,

CAPÍTULO 15 Bruno me mostrou seu lado sensível e humano. Há muito tempo não havia tido a oportunidade de conhecer as pessoas à fundo. Eu tinha a n...

CAPÍTULO 14 Quando a imagem do webcam foi totalmente carregada, tive a oportunidade de ver uma das garotas mais lindas da minha vida. Marina não e...

CAPÍTULO 13 O dia hoje não foi tão tranquilo quanto eu esperava. Meus pais, preocupados com a falta de grana para pagar as contas, discutiram dura...

CAPÍTULO 12 O técnico em informática chegava todos os dias, depois das 10h. Naquele dia, ele faria uma manutenção nos computadores da sala ao lado...

CAPÍTULO 11 - Tá aí...? Mal cheguei em casa e Bruno perguntava por mim. Quer dizer... pela Marina! - Cheguei agora! Pode falar... Bruno demorou ...