Os dois amigos - Amor e Saudade

Os dois amigos

Escrito por Desconhecido | 4420
Os dois amigos

Conta-se que em Monomotapa viviam dois amigos, dois grandes amigos, tais como é muito raro de se encontrar por este mundo a fora.
Numa noite, já bem tarde, aproveitando a ausência do Sol e todos dormiam, um deles acordou sobressaltado e acorreu à casa do outro. Acordou aos criados e ao amigo, que já estavam entregues a Morfeu, que reinava em seu palácio.
O amigo levantou-se de um salto, agarrou a espada, segurou a bolsa de moedas, apresentou-se a ele e disse: - Raras vezes te vi correr quando todos dormem.
Conheço-te como homem que emprega melhor as horas destinadas ao sono; se perdeste no jogo, aqui te entrego a minha bolsa; se foste agredido, aqui está a minha espada para te auxiliar. Vamos, estou pronto para te acompanhar.
Mas, o que te aconteceu, afinal? -Em primeiro lugar te agradeço o que me ofereces.
Não aconteceu nem uma coisa nem outra do que julgas, mas tive um sonho, no qual te vi muito triste e, por isso corri para aqui imediatamente.
Foi um maldito sonho a causa de tudo. -Qual dos dois era mais amigo?
Vale a pena propor este problema. Como é sublime um amigo verdadeiro!
Como é raro haver um que, ao perceber em nosso rosto uma simples expressão de tristeza, preocupe-se por nós e, que até um sonho o faça correr para o nosso lado.
É que uma pequena coisa, o que julgamos um nada até, desperta-nos receio, quando se trata da pessoa que amamos.

Comentários