Eu não sei quem sou - Amor e Saudade

Eu não sei quem sou

Escrito por Adriano Villa | 2165
Eu não sei quem sou

Não sei onde, mas acho que acabei me perdendo
Em algum momento que não sei como explicar
Lentamente mergulhei na escuridão do não enxergar
Sem saber para onde ir, por que não entendo...

Afinal de contas, por que corremos tanto pelo mundo?
Alguém poderia ao menos tentar me explicar...
Eu já procurei e fui tão longe que cheguei ao fundo
De uma decepção tão grande que não pude suportar

O peso que ficou sobre minhas costas... Lágrimas
Tão ácidas que criaram leitos em meu rosto
Uma espécie de erosão estigmatizada por lastimas
Que fui forçado sentir tão amargo gosto...

Eu já não sei mais quem sou ou para onde devo ir
Foram tantos caminhos trilhados, tantos a ruir
Que já não sei o que pensar dos que estão por vir

Mas, no fundo, sei que tenho que continuar adiante
Pois é logo a frente que se encontra o que se procura
E basta a fração de um instante, para se perder a cura.

Comentários