Ainda é cedo para sofrer - Amor e Saudade

Ainda é cedo para sofrer

Escrito por Adriano Villa | 1439
Ainda é cedo para sofrer

Vamos deixar as coisas seguirem seu rumo
Deixar como uma pena ao vento
Que segue o destino que convém as estrelas
Vamos simplesmente fechar os olhos
E sonhar, rezar com um caminho melhor
Sem nos deixar levar, ainda é cedo demais
Para sofrermos com algo que desconhecemos
Você sabe como essa história terminará?
Nem eu... E ainda estamos escrevendo
Ainda estamos entre as páginas de nossa existência
Sei que não há para onde correr
E, o medo nos transforma em sombras furtivas
mas, meu amor, chega uma hora
Que precisamos crescer e enfrentar
E assim, quem sabe, muitas coisas
Poderão mudar, portanto, ainda é cedo para sofrer
Ainda temos os campos dos sonhos para correr
E quem sabe tudo isso foi para nos ajudar
Para podermos mais livremente nos amar
Sei que agora parecem prestes a nos condenar
mas é assim, quando se descobrem um amor
Que não estamos preparados para aceitar
Encaramos com rancor, sem qualquer sabor
Mas, vamos seguir para ver
E não vamos por antecedência sofrer
Se dizem que somos crianças
Que seja, temos ao menos nossas esperanças...

Comentários