Bodas de prata - Amor e Saudade

Bodas de prata

Escrito por Adriano Villa | 488
Bodas de prata

Vinte e cinco anos ao seu lado é muito pouco tempo,
Mas, tudo bem, o que vale é o sentimento
E ainda nos amamos como no primeiro momento
Você consegue se lembrar? Já faz tanto tempo...

E mesmo fazendo tanto tempo, ainda consigo sentir
O que senti quando te vi pela primeira vez
Você ainda faz minhas pernas tremerem, de verdade
E ainda, de repente, tenho saudade.

Às vezes me pego pensando, lembrando e querendo estar perto
Sei que às vezes não é o mais certo devido nossas responsabilidades
Mas é tão bom deixar o coração bater como se ainda fosse juvenil
É um amor perfeito, resistente e que faz o coração bater a mil.

É assim que ainda me sinto, mesmo depois de vinte e cinco anos
Isso que dá casar com alguém que sonhamos durante tanto tempo
Que aprendemos a conviver da melhor maneira possível
Aprendemos, juntos, que a vida não é feita apenas de momentos

Mas também de planos, que desenhamos juntos há muito tempo atrás
E esse mesmo tempo, não foi capaz de desgastar nenhum pouco do sentimento
Que nutrimos um pelo outro e, quem diria, lembra do tempo
Que não sabíamos o que seria de nosso amor?

Hoje em dia, ao olhar para trás, só posso me orgulhar
Conquistamos tudo que desejávamos e ainda
Criamos uma família repleta de felicidade
Os nossos queridos frutos de um amor que só pode ser verdade.

Comentários