Amor e Saudade » Amor » Vem acalmar meu coração

Vem acalmar meu coração

Vem acalmar meu coração

Finalmente, descobri meu problema
E eu que achei que não havia razão
Agora percebi qual é minha solução
Você por perto, segurando minha mão.
Pode me chamar de dependente
Nunca me incomodei com a verdade
Acho na verdade, muito deprimente
Escondermos algo por medo da fragilidade.
É verdade é a mais pura verdade
Sem você por perto as coisas são terríveis
E eu quero paz para poder respirar melhor
Quero ter uma razão para seguir...
Então vem, esquece tudo que passou
E vem ser minha manhã calma de domingo
Vem ser minha noite estrelada na enseada
Já esta tarde demais para ficar andando por aí
Sozinho, sem nenhum destino sequer
Cansei de vagar em busca de seus vestígios
Deixa de se esconder e se mostre para mim
De uma vez, eu preciso tanto...
Será que não notou que não consigo aguentar
É muito tensão, este peso não posso carregar
Eu não tenho forças para continuar
Ou melhor, tenho razão alguma para melhorar
Pois era nos teus olhos que me sentia aprovado
Era em seus lábios que me sentia saciado
E agora que eles estão longe,
A loucura toma todo meu interior
Seria isso aquele tal de puro amor?
Eu não sei, mas você poderia voltar
Para juntos tentarmos descobrir
Você acalma meu coração
E me enche de razão
E depois que você foi embora
Levou tudo, minha esperança
E até mesmo meu chão.
Sei que não é pra tanto
Você venceu e esta sempre certa
Agora tenha consideração
Me perdoe, vem acalmar meu coração.

Compartilhar no Facebook | Compartilhar no Twitter

Autor: Adriano Villa

Lido: 1272 vezes

Tags: coração, calma,

CAPÍTULO 14 Quando a imagem do webcam foi totalmente carregada, tive a oportunidade de ver uma das garotas mais lindas da minha vida. Marina não e...

CAPÍTULO 13 O dia hoje não foi tão tranquilo quanto eu esperava. Meus pais, preocupados com a falta de grana para pagar as contas, discutiram dura...

CAPÍTULO 12 O técnico em informática chegava todos os dias, depois das 10h. Naquele dia, ele faria uma manutenção nos computadores da sala ao lado...

CAPÍTULO 11 - Tá aí...? Mal cheguei em casa e Bruno perguntava por mim. Quer dizer... pela Marina! - Cheguei agora! Pode falar... Bruno demorou ...

CAPÍTULO 10 - Me achou interessante... kkkk – Bruno debochou de mim... Senti-me envergonhada. Mudei de assunto para que ele não achasse uma idio...