Querida - Amor e Saudade

Querida

Escrito por Adriano Villa | 2700
Querida

Espero que esta pequena demonstração de carinho e atenção, lhe encontre em ótima saúde. Eu, particularmente, gostaria muito de dizer o mesmo, mas... Ultimamente tenho me sentindo um pouco fora do comum. Não se preocupe, gozo de ótima saúde, o que me refiro não é nada claramente aparente, é algo que acontece onde os olhos não conseguem ver, aqui dentro, em meu coração.
E este é um dos grandes motivos de estar escrevendo as próximas linhas, pois, acho que a razão de toda essa, estranheza gostosa, deve ao menos ler, as palavras que meu coração, neste momento, ditam, para seus olhos e sua mente, com esperança que levem, através de suas veias tão preciosas, a informação para seu coração.

Desde o último dia que lhe vi, não consegui tirar sua imagem de minha cabeça, sabia? Ela parece simplesmente impressa em minha memória e, tem sido difícil dormir nos últimos dias, pois, basta fechar seus olhos para ver seu sorriso iluminando toda a escuridão, e, como se não bastasse o sorriso, ele vem acompanhado por sua voz, que, com toda minha sinceridade, aos meus ouvidos parece uma bela sinfonia... Quem dera se estivesse aqui ao meu lado neste instante... Quem dera poder olhar em teus olhos e ter a coragem de lhe mostrar meu sorriso mais sincero, e lhe dizer que a razão dele é sua existência...
Mas, eu não sei se conseguiria dizer todas as coisas que se passam aqui dentro olhando para seus olhos como gostaria, com certeza tropeçaria nas palavras e sentiria aquela vermelhidão percorrer toda extensão do meu corpo, parando em meu rosto e, dando a impressão de estar completamente vermelho. E, devo confessar que me sentiria ainda mais envergonhado, e me perderia ainda mais em mim mesmo.

Por isso, perdoe a ousadia de lhe escrever, mas, agora, no silêncio de meu interior, onde tudo que tenho é sua lembrança sorridente em minha mente, sinto-me mais corajoso para lhe dizer tudo que se passa aqui dentro e tudo que trouxe, sem saber, para minha existência.
Não sei o que pensa ao meu respeito, talvez eu possa estar divagando nos pensamentos, mas, como saber a verdade sem antes lançar a pergunta ao ar? Como saber o que pensa sem ao menos revelar o que se passa aqui dentro? Sim, sei que corro o risco de ouvir um não, ou a verdade sobre estar imaginando coisas, mas, é melhor dizer do que se calar e esperar por algo acontecer. Aprendi isso com a vida.

Se for para ser... Com certeza será... É como dizem por aí, não é mesmo? Mas, não há formas de ser sem tentarmos e, por isso estou aqui, escrevendo essa tentativa de dizer que, meus dias têm sido mais belos simplesmente por saber que você existe, que você caminha no mesmo solo que eu e que, essa mesma lua que avisto agora, seus olhos também podem ver. O que espero com minhas palavras?
Apenas dizer o que sinto.

Pois minha vontade era encontrá-la neste momento, olhar nas profundezas incompreensíveis de seu olhar e me ver refletido, lhe dizer “oi” com um sorriso especial que ganhei ao lhe conhecer, acariciar seu rosto, delicadamente roçar meus lábios nos seus e com todo carinho, abraçar seu corpo, trazê-lo para junto do meu, tentando lhe passar toda segurança que quero lhe dar, mostrando que finalmente, encontramos um lugar seguro, para podermos ficar, nos braços um do outro.
E estas, são todas as palavras ditadas pelo meu coração e endereçadas ao som, espero que tenha alguém em casa esperando por notícias como estas, se tiver, ligue-me e eu saberei para que lugar finalmente seguir.

Felicidades

Enviado por: Adriano Villa

Comentários