Não quero ser louca sozinha - Amor e Saudade

Não quero ser louca sozinha

Escrito por Adriano Villa | 1604
Não quero ser louca sozinha

Não quero continuar vendo o mundo com estes olhos
E com tantos pensamentos doidos passando pela cabeça
Quero alguém que, como eu, veja o mundo de maneira diferente
E que consiga, mesmo triste, cantar de tão contente...

Quero alguém que corra pela chuva mesmo resfriado
Alguém para tocar campainha e sair correndo para qualquer lado
Alguém que consiga rir mesmo querendo chorar
Quero alguém que tenha sede de amar...

E que juntos caminhemos para um futuro desconhecido
Flechados é claro, por um entorpecido cupido
Que de brincadeira acertou o alvo e não podemos negar
Que praticamente nascemos para nos amar...

Diz se a flor de meus olhos ao seu toque desabrochar
Deite-se sobre minha pele e deixe-me saborear
O doce sabor de um amor que brota entre o vão
Do vazio que não existe mais entre eu e você...

Vem, que a loucura precede a sede de teus beijos
E são teus defeitos que lhe deixam tão perfeitos
E tudo que quero neste lindo momento
Alguém que seja louco como eu por desejar tanto tal sentimento...

A ponto de fazer de sua ausência o maior tormento...

Comentários