Estremeço ao te ver - Amor e Saudade

Estremeço ao te ver

Escrito por Adriano Villa | 1978
Estremeço ao te ver

Quando te vejo minha mente viaja
Se perde entre tantos pensamentos
Eu a deixo seguir para onde deseja
Pois é muito bom este sentimento.

Eu não sei bem como explicar
E percebo que algumas coisas
Não possuem explicações
Por serem repletas de sensações

Eu ainda estremeço ao te ver
Eu ainda me arrepio ao te sentir
Ainda sinto saudade quanto não te vejo
Ainda estremeço com seu beijo

E foi algo que esperei
Por muito e muito tempo
Alguém que trouxesse
Algo assim, profundo sentimento

E agora é tudo que quero para mim
Ter você até meu fim, que a vida continue assim
Por que agora sei o que é viver
E vivo para estar perto de você

Eu ainda sinto minhas pernas bambas
Ainda sinto aquele desejo
De poder te ver todo tempo
Sua presença é sempre bem-vinda

E ainda continuo te querendo
Pois foi contigo que aprendi o que é viver
E ao teu lado, vim a renascer
E é por isso que estremeço ao te ver

Pois toda vez é uma novidade
Que quero que repita até o dia que eu morrer.

Comentários