Amor sem limites

Escrito por Adriana Cristina Rampin | 9762
Amor sem limites

Solto-me em brasas percorrendo seu corpo,
sedenta de você, grito seu nome.
Sinto no céu da minha boca,
seu beijo iluminando minha noite,
e estremeço nesse desejo enorme
que toma meu corpo deixando-me louca.

Vibra meu corpo, somem meus sentidos,
viro estrela em constelações inexistentes.
Nesse momento, faço-me sua,
dou-lhe da vida que canta em mim
em acordes de harmonia, o sol se faz presente
e toca minha pele iluminando a noite escura.

Sou vida onde você é luz
que toca meu corpo, ponto a ponto, fazendo-me feliz.
Nesse momento, as areias do tempo seguro em minhas mãos,
somos eu e você possuindo o universo inteiro
e vejo-me sua, abrigo que sempre quis,
amor sem limites que toca minha alma com tamanha paixão.

Comentários