8 dicas para seu relacionamento dar certo - Amor e Saudade

8 dicas para seu relacionamento dar certo

Escrito por Adriano Villa | 1484
8 dicas para seu relacionamento dar certo


Nunca foi tão difícil manter um relacionamento nos eixos e saudável, ainda mais nos dias de hoje, onde parece que as pessoas deixaram de acreditar, não somente no amor, como também nas possibilidades de um final feliz. Talvez seja devido nossa atual realidade, onde as informações viajam quase na velocidade da luz ou na quantidade de novas realidades ao alcance de nossas mãos.

Para muitas ou algumas pessoas, é muito fácil deixar um caminho e se aventurar por outros completamente desconhecidos, afinal de contas, todos nós queremos ser felizes, no entanto, o que não percebemos é que esses relacionamentos naufragados ou que deixamos naufragar, trazem resultados negativos para nossa psique.

Por isso, muitos casais decidem quebram alguns paradigmas e seguirem juntos ao terapeuta, afinal de contas, um profissional pode nos ajudar a perceber onde estamos errando e, consequentemente, onde precisamos acertar. Claro, uma ótima opção para os casais que, mesmo vendo seus relacionamentos decaírem, ainda conseguem enxergar uma luz no túnel, que ainda conseguem que vale a pena lutar pelo sentimento que um dia alegrou nosso coração.

Abaixo listamos oito dicas importantíssimas que tais profissionais costumam dar aos seus consulentes, oito dicas para seu relacionamento dar certo ou continuar dando certo. Mas, atenção, não são importantes apenas para os casais em crise, mas também para aqueles que estão vivendo a primavera do amor, nada melhor do que conhecer os perigos do caminho, para simplesmente estar preparados para superá-los, sem desgastar o amor. Vamos lá?

Não se espelhe em outros casais

Muitos casais acabam se espelhando em outros e esquecem de si próprios. Acabam perdendo suas particularidades e, acabam criando expectativas que jamais poderão alcançar, e sabe por que? Por que nós, somos nós e eles são eles. Nada pior do que seguir um caminho esperando ser como o fulano de tal, cada um tem seu caminho, sua história, suas bagagens e, outro detalhe, não podemos nem nos espelhar nos relacionamentos de nossos pais, tios, avós e etc. Cada um tem seu tempo e por isso, viva o seu tempo, o seu relacionamento e dedique-se a pessoa que está ao seu lado, desta maneira conquistarão sua própria história e suas raízes.

Aprenda com os erros

Todo mundo já ouviu: errar uma vez é humano e duas vezes é burrice. Nos relacionamentos, tal máxima é de extrema importância. Erros costumam ser repetições e quando aprendemos a observar nossos erros e não repeti-los, estamos caminhando para o caminho certo. Por isso, aprender com nossos erros, seja de relacionamentos passados ou até mesmo do atual, é de extrema importância para o sucesso do relacionamento. Saiba observar, prestar atenção onde os problemas começam e tente repará-los de alguma maneira.

Se faça sempre próximo e intimo

Um ponto muito importante para um relacionamento saudável é a intimidade e a proximidade do casal, algo que, com o passar dos tempos, vamos perdendo lentamente sem perceber, por isso é de extrema importância observarmos esses pontos e mantermos a proximidade e intimidade de nosso parceiro. Ser próximo não quer dizer estar por perto, mas fazer parte da vida da pessoa, estar sempre pronto para compartilhar os momentos, bons ou ruins. E, intimidade, a própria palavra já diz, é importante manter o toque, os beijos, o sorriso, por isso, é de extrema importância que o casal tenha o seu tempo para não esquecer do que os aproximaram um dia.

Ter compaixão

Um ponto que não devemos ter dúvida: relacionamentos não são perfeitos. Não podemos esquecer que estamos falando de dois seres humanos que decidiram se unir devido a algo que vai além de nossa compreensão e que costumamos chamar de amor. Todos os relacionamentos possuem altos e baixos, mas o mais importante, é que nos baixos, ambos estejam unidos, ambos estejam lado a lado e, em vez de pensarem na ruptura, pensarem na resolução dos problemas. Com certeza, tal ato fortifica o relacionamento, tornando-o mais forte e duradouro.

Controlando o momento

Da mesma forma que fomos impelidos a ter um relacionamento mais sério por causa dos sentimentos, outros sentimentos acabam nos impulsionando para precipícios, abismos sem fim ou, o pior, para nossa própria infelicidade. Um desses sentimentos é a raiva, algo triste que, além de envenenar nosso coração é o estopim para problemas muito maiores, afinal de contas, quando estamos com raiva é comum dizermos o que não queremos e, algumas palavras não voltam atrás. Por isso, controle sua raiva, respire fundo e reflita sobre o porquê de tal sentimento, tente encontrar saídas mais compreensivas e, não esqueça, nenhum dos dois é perfeito, ambos precisam aprender. A raiva nada constrói, pelo contrário, apenas corrói e, não temos nada a ganhar vendo nossos sonhos sendo corroídos.

Leve as coisas numa boa

Quem canta os males espanta e quem sabe levar a vida com bom humor, sempre chega em algum lugar melhor. Uma das dicas de muitos terapeutas é levar a vida a dois com bom humor, afinal de contas, sejamos francos, a vida a dois possuem momentos que nos faz perguntar “porque”. São coisas comuns e faz parte de todo relacionamento, e sabe por que? Por que faz parte do crescimento, do fortalecimento da relação. É preciso saber levar as coisas de uma maneira mais branda, como muitos dizem por ai: dois bicudos não se beijam. Claro que não, mas se um dos dois bicudos levarem as coisas de uma maneira mais leve, com certeza o outro abraçará essa ideia. Afinal de contas, o que é melhor: ficar de cara marrada ou encarar os problemas com bom humor e superá-los?

Atente-se para sua vida sexual

Uma coisa que pega muito nos casais é a vida sexual. Quando namoramos as coisas pegam fogo, não conseguimos ficar com roupas quando estamos com essa pessoa, claro, é um exagero, mas, sejamos francos, o ato sexual é mais comum nesta fase. Mas isso não quer dizer que, em nosso namoro havia mais tesão do que após nosso casamento, claro que não. O que havia era o pensamento inconsciente da necessidade de aproveitar todos os momentos possíveis, quando casamos, esses momentos se tornam possíveis quando desejamos. Mas, quando estamos vivendo debaixo do mesmo teto todos os dias, é comum nos deixarmos levar pelos nossos problemas corriqueiros e estressados, acabamos nem pensando nisso. Mas não quer dizer que não deseje mais seu parceiro. Portanto, não enfie caraminholas em sua cabeça, não se esqueça que a maioria de nossos problemas nascem justamente em nossa imaginação.

Uma vida sexual de qualidade (dica bônus)

Ainda falando em sexo, por que sexo é muito bom, não é verdade? Não perca a intimidade, não deixe de ver seu parceiro como alguém que deve ser conquistado todos os dias. Alguns casais esquecem que as preliminares são válidas depois de casados também, as preliminares não são para conquistar ninguém, são para mostrar o quanto é importante estar com aquela pessoa, o quanto é importante priorizar o seu prazer. Por isso, valorize as preliminares, os climas, não deixe de dizer o quanto lindo ou linda a pessoa é. Não podemos esquecer que nossa segurança é construída por nossos egos, e uma pessoa segura é sinônimo de uma pessoa muito mais feliz e preparada para amar.

Dialogar sempre

Em muitos relacionamentos, o dialogo acaba se perdendo devido ao emaranhado de situações que vivemos, por isso, observe os sinais e não deixe que o principal transporte de nossa felicidade pare na pista. Converse e também saiba ouvir, nem sempre precisamos ter uma conversa séria, às vezes vale a pena sentar-se com uma garrafa de vinho e bater um papo casual, falar da vida, dos pensamentos e etc, sempre respeitando os limites de cada um. Algo importante para destacar, não podemos esquecer que, apesar de ser um casal, não deixamos de ser quem somos. Separe um momento para uma conversa agradável, sem filhos, sem telefone, sem vizinhos, sem obrigações, só vocês, a sós, com certeza, descobrirão por que se apaixonaram e continuarão se apaixonando cada vez mais.

Bom, esperamos que tenha gostado das dicas. Vale lembrar que, relacionamentos não são feitos por apenas uma pessoa, mas, o primeiro passo sempre deve partir de um dos lados, se o seu relacionamento passa por um momento delicado, saiba avaliar todas as questões e respostas, saiba analisar onde começou o problema e tentar resolvê-lo, sem condenar, sem julgar, não podemos esquecer que, problemas, muitas vezes são resultados de uma soma que nós mesmos somos coeficientes.

Comentários